Crítica | Rambo 5: Até o Fim

Estamos realmente vivendo uma época de revitalização de antigas franquias, ora com sequencias, ora com os famosos e nem sempre bem-sucedidos reboots. Para falarmos de forma isenta de ‘Rambo 5: Até o Fim’, tenho que isolar o meu lado de fã pois acompanho a franquia desde seu início com 1982 com ‘Rambo: Programado para Matar’ (Rambo: First Blood) tendo como coleção inclusive todas as facas utilizadas pelo personagem ao longo dos anos. Em relação ao título do primeiro filme o irônico é que o famoso herói de guerra mata somente um policial o qual inclusive cai de um helicóptero onde o piloto é acertado com uma pedra arremessada por John Rambo somente para se defender. Depois de ‘Rambo IV’ (2008) onde Stallone roteirizou, dirigiu e estrelou o longa, o público cativo da franquia acreditava que nunca mais veria um novo capítulo, mas todos estavam enganados pois agora em setembro de 2019, ‘Rambo 5: Até o Fim’ (Rambo: Last Blood) chegou às telonas. De cara, vemos que o título original em inglês faz referência ao título do longa original criando o contraponto em ‘FIRST’ e ‘LAST’ sendo o primeiro tirado literalmente da obra ‘First Blood’ (1972) do escritor ainda vivo David Morrell. Em ‘Rambo 5: Até o Fim’, o protagonista parece ter encontrado sua paz em uma fazenda no Arizona devidamente mostrada no filme anterior e podemos dizer que o primeiro ato do longa se assemelha na realidade a um drama. Quem assistiu ao excelente faroeste ‘Os Imperdoáveis’ (Unforgiven – 1992) estrelado e dirigido por Clint Eastwood pode encontrar algum paralelo entre as duas tramas onde o anti-herói aposentado é trazido de volta a ação por imposição de certas circunstancias.

O enredo de ‘Rambo 5: Até o Fim’ é raso e os trailers de divulgação (sempre eles) tratam mesmo de entregar toda a história antecipadamente se apresentando como ‘spoilers oficiais’ da película. Agora, John Rambo encara em seu descanso uma figura paterna para uma jovem a qual durante uma busca pelo seu pai biológico no México é raptada por uma quadrilha de criminosos que lucram com o tráfego e prostituição de mulheres. O grande diferencial do fraco roteiro e que confere ao longa mais dramaticidade é o fato de que diferentemente de muitos outros filmes onde o herói vai em busca da garota raptada para a exploração sexual, chegando sempre a tempo antes de que qualquer ato forçado seja consumado (vide Liam Neeson no primeiro ‘Busca Implacável’). Agora, a coisa não é suavizada e vemos mesmo a brutalidade que sofre a vítima desse bárbaro crime onde o salvador não consegue evitar as investidas dos vilões à desprotegida ‘presa’. A química entre Stallone e a jovem atriz Yvette Monreal (intérprete de Gabrielle) funciona bem, entretanto, tirando os passeios de cavalos da dupla, vemos pouco da história em conjunto de ambos e o público tem mesmo que imaginar a grande ligação entre eles e consequentemente a dor da separação sofrida pelas partes. Mal aproveitada e pouco desenvolvida na trama é a repórter investigativa que auxilia o protagonista em sua jornada, interpretada pela atriz Paz Vega que incontestavelmente foi prejudicada pelo roteiro o qual passa a ignorá-la pouco tempo após tê-la nos apresentado. A ação começa mesmo quando Rambo parte para o México em busca de sua protegida não medindo esforços (e nem corpos) para conseguir seu objetivo inclusive ameaçando até mesmo mulheres que contribuíram para o sequestro que motiva toda a trama. A direção agora não foi de Sylvester Stallone e ficou a cargo do pouco conhecido Adrian Grunberg que havia dirigido o longa ‘Plano de Fuga’ (2012) com Mel Gibson o qual teve também muitas locações no México. Por falar em México, aqui o país é retratado como sendo somente um celeiro de criminosos e quem estava pensando em tirar férias por lá, depois de assistir a ‘Rambo 5: Até o Fim’ certamente terá seus planos de viagem alterados. A violência ou ‘gore’ é extrema durante a ação e se prepare para mortes mais sangrentas do que as vistas em muitos filmes de terror, mas nada já não visto em Rambo IV. Algumas pessoas que não conhecem o passado do personagem podem se incomodar com as cenas sangrentas mas estas são perfeitamente aceitáveis quando entendemos que isso era a realidade do protagonista veterano boina verde que desde muito jovem fora treinado para ser o melhor na arte da guerra. O que fica bem evidente neste quinto capítulo é que a guerra jamais abandonou de fato o personagem, o qual diariamente trava uma luta interna para controlá-la mais ou menos aos moldes do que ocorre com o herói dos quadrinhos Bruce Banner e seu álter ego Hulk

(Leia Mais…)

‘Os 3 Infernais’ ganha sangrento cartaz oficial

Fruto da mente criativa e sanguinária de Rob Zombie (de Halloween – O Início e Halloween II), o violento ‘Os 3 Infernais’ (3 From Hell), com data de lançamento para 24 de outubro e distribuição nacional Paris Filmes acaba de ganhar seu cartaz nacionalizado. Os Firefly estão de volta no terceiro filme da sequência brutal de ‘A Casa dos 1000 Corpos’ e ‘Rejeitados pelo Diabo’. Os irmãos Baby e Otis Firefly conseguem fugir da prisão com a ajuda de Winslow Coltrane. Porém, durante a fuga, eles executam um líder do crime mexicano Rondo (Danny Trejo). Agora, ‘Os 3 Infernais’ estão a solta cometendo uma série de assassinatos aleatórios em direção ao México prontos para mais um banho de sangue. O longa é estrelado por Sheri Moon Zombie (‘Halloween – O Início’), Bill Moseley (‘O Massacre da Serra Elétrica’), Richard Brake (‘Game of Thrones’) e conta com a participação especial de Danny Trejo (Machete Mata).

 

Alice Braga é confirmada no elenco de novo ‘Esquadrão Suicida’

A poucos dias do início das gravações, a nova versão de Esquadrão Suicida teve seu elenco divulgado, nesta sexta-feira (13), pelo diretor James Gunn, e uma das principais novidades é a brasileira Alice Braga. A imagem publicada pelo cineasta no Twitter confirma os boatos da participação da atriz no filme e também o retorno de Margot Robbie e Viola Davis à franquia. Além da brasileira, outras novidades são o lutador americano John Cena e o ator Idris Elba. Entre as ausências, de acordo com a publicação, Will Smith não fará novamente o Pistoleiro. Depois da divulgação feita por Gunn, Alice compartilhou a publicação em seu perfil no Instagram e comemorou, afirmando estar muito empolgada. O assunto ficou entre os mais comentados do Twitter na tarde desta sexta. A atriz, que é sobrinha de Sônia Braga, estrelou filmes brasileiros como Cidade de Deus e Cidade Baixa. Ela também participou de produções estrangeiras como ‘Eu Sou a Lenda’, ‘Repo Men’, ‘Predadores’, ‘Elysium’, ‘Cinturão Vermelho’ e o mais recente ‘A Cabana’. Apesar da divulgação do elenco de Esquadrão Suicida, não foram publicadas mais informações sobre os personagens. O filme, baseado em HQs com o mesmo nome, deve chegar aos cinemas no dia 6 de agosto de 2021.

São Paulo terá ‘bat-sinal’ na Avenida Paulista neste sábado

Em homenagem ao aniversário de 80 anos de Batman, super-herói da DC Comics, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo anunciou que será ligado um ‘bat-sinal’ na capital paulista neste sábado (21). Além de São Paulo, a DC, em parceria com a Warner, fará uma ação semelhante em outras 10 cidades espalhadas pelo planeta. São elas: Melbourne (Austrália), Tóquio (Japão), Berlim (Alemanha), Paris (França), Barcelona (Espanha), Londres (Reino Unido), Montreal (Canadá), Cidade do México (México), Nova York e Los Angeles (Estados Unidos). Em São Paulo, o ‘bat-sinal’ será ligado às 20h (horário de Brasília) na Avenida Paulista, à altura do número 1650.

 

‘Marighella’ tem estreia CANCELADA no Brasil após polêmicas

Mesmo após sua exibição no Festival de Berlim e em diversos eventos internacionais, a cinebiografia de ‘Marighella’, dirigida por Wagner Moura, não será mais lançada nos cinemas nacionais. O filme foi duramente criticado por ideologias políticas e sofreu diversas polêmicas. Confira a nota oficial:

Nós, produtores do longa-metragem Marighella, dirigido por Wagner Moura, anunciamos que a data de lançamento do filme nos cinemas brasileiros, divulgada anteriormente para 20 de novembro de 2019, está cancelada. Os produtores haviam escolhido o mês de novembro, que marca os 50 anos de morte de Carlos Marighella, e o dia 20, da Consciência Negra, para a estreia. No entanto, a O2 Filmes não conseguiu cumprir a tempo todos os trâmites exigidos pela Ancine (Agência Nacional do Cinema).Marighella segue sendo apresentado com muitos sucesso em vários festivais de cinema no mundo.

Baseado no romance biográfico do poeta e guerrilheiro homônimo que se levantou contra o governo em 1969 (durante o regime ditatorial militar no Brasil), ‘Marighella‘ também aborda um forte viés político e conta a história verídica de Carlos Marighella, assassinado pela ditadura militar e cujo legado se estendeu por diversas gerações.

‘Coringa’ conquista o Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza

‘Coringa’, dirigido por Todd Phillips e protagonizado por Joaquin Phoenix, foi premiado neste sábado com o Leão de Ouro, o troféu máximo da 76ª edição do Festival de Cinema de Veneza, na Itália. A obra, que será lançada em 3 de outubro, conta a história de um dos mais notórios vilões da ficção, nascido nos quadrinhos e antagonista do Batman. O foco é na transição de Arthur Fleck, o nome verdadeiro do personagem, para se tornar o Coringa. O diretor Roman Polanski conquistou o Grande Prêmio do Júri, o segundo mais importante do festival, com o filme ‘J’accuse, ainda sem título em português. Já o Leão de Prata ficou com sueco ‘About Endlessness’, do diretor Roy Andersson. O cineasta não recebeu o prêmio, embora tenha participado da apresentação, na semana passada.

Como funciona o Disney+, novo rival da Netflix

O serviço de transmissão online de filmes e séries da Disney, que chegará para os Estados Unidos em novembro, já foi liberado para a imprensa americana e novos detalhes sobre a plataforma digital foram revelados. Após a D23, convenção bienal de fãs que acontece na Califórnia, a companhia exibiu, pela primeira vez, a interface do Disney+. As análises da mídia internacional mostram similaridades com os serviços Hulu e Apple TV, que possuem categorias mais separadas e organizadas. De acordo com o site americano The Verge, os usuários perceberão imediatamente que esse é o principal contraste entre a plataforma recém-chegada da empresa fundada por Walt Disney e a Netflix, pioneira no mercado de transmissão via internet. A página inicial de ambas é bem diferente: enquanto a Disney deixa tudo mais organizado para que o usuário já saiba exatamente onde quer clicar, a Netflix sugere diversos conteúdos – nem sempre similares um com o outro – logo de cara e de maneira chamativa. Vale lembrar, porém, que a Netflix tem 4 mil filmes e 1.500 séries em sua plataforma nos Estados Unidos – o catálogo varia de país para país, mas os números não destoam , enquanto o Disney+ terá 500 filmes e 7 mil episódios individuais de séries no dia seu lançamento.

(Leia Mais…)

‘O Rei Leão’ supera ‘Vingadores’ e se torna sétimo maior filme da história

O live-action da Disney, O Rei Leão’, segue quebrando recordes nacionais e internacionais. Com as bilheterias do último final de semana, o filme desbancou Vingadores: Ultimato e se tornou o sétimo maior longa da história em todo o mundo. De acordo com o site ComicBook, a história de Simba arrecadou 1,56 bilhão de dólares, enquanto o filme de super-heróisVingadores’, que agora se encontra em oitavo lugar, contabilizou 1,52 bilhão. Em julho deste ano, ‘O Rei Leão’ impulsionou as vendas de ingressos nos cinemas brasileiros e fez o mês ser o melhor da década na bilheteria nacional. Foram vendidos mais de 26,5 milhões de bilhetes – 28,5% a mais do que no mesmo período de 2018. Até então, 2017 detinha o melhor julho, com 22,6 milhões de ingressos.

Rambo 5: Até o Fim – Trailer #3

A Imagem Filmes divulgou o novo trailer legendado de ‘Rambo: Até o Fim’, o quinto filme da franquia. A prévia apresenta a relação de Rambo com Gabriela, garota que foi raptada pelo cartel mexicano. O icônico personagem de Sylvester Stallone é a última esperança da jovem e pelo trailer abaixo temos a certeza de que teremos muitas mortes por aqueles que se colocarem no caminho do herói de guerra. O aguardado quinto filme da série e possivelmente seu último tem estreia prevista para 19 de setembro de 2019. Confira:

Video coloca Tom Cruise como Tony Stark em famosas cenas

Apesar de Robert Downey Jr. ter imortalizado o personagem de Tony Stark desde o lançamento de ‘O Homem de Ferro’, em 2008, muita gente ainda se pergunta como teria sido o MCU se Tom Cruise, antigo candidato ao papel, tivesse incorporado o herói. Agora, graças a um vídeo da Collider, é possível imaginar. O vídeo, que pode ser visto abaixo, recria diversas cenas de Tony Stark durante o MCU, digitalizando o ator de Missão: Impossível em seu lugar.

‘Medo Profundo – O Segundo Ataque’ mostra jovens atacadas por tubarões em novo trailer

Ao som de “The Look “, da banda sueca Roxette, o novo trailer de ‘Medo Profundo – O Segundo Ataque’ (47 Meters Down: Uncaged) contrasta o feliz início das férias numa praia paradisíaca com momentos agoniantes embaixo d’água. Durante o passeio, as jovens mergulham em alto mar e localizam as ruínas de uma cidade submersa. Rapidamente, o grupo se vê num inferno aquático e a diversão se transforma em momentos de medo e horror, com ataques inesperados. Enquanto as jovens nadam no labirinto claustrofóbico de cavernas, elas notam que não estão sozinhas e se deparam com diferentes espécies de tubarões. Como estreia nacional agendada para 7 de novembro, e distribuição Paris Filmes, o elenco reúne Sistine Rose Stallone, John Corbett, Nia Long, Brec Bassinger e Sophie Nélisse.

Clip de ‘Predadores Assassinos’ mostra que os perigos vão além dos jacarés

Kaya Scodelario em entrevista já revelou que sua atuação em ‘Predadores Assassinos’ (CRAWL) foi a realização de um sonho antigo que ela tinha de viver uma personagem mais durona. “Queria me divertir e lutar para valer. E esta foi minha oportunidade para fazê-lo. Sabia que seria puxado. Sabia que seria físico. Sabia que seria difícil lidar com a maternidade e fazer este trabalho ao mesmo tempo, todos os dias. Mas realmente queria aceitar o desafio, e foi isso o que mais me empolgou sobre o filme”. O novo trecho do longa divulgado hoje pela Paramount Pictures dá um gostinho do trabalho da atriz e mostra também que ela e seu companheiro de cena, Barry Pepper, precisam vencer diversos obstáculos, além de sobreviver aos ataques dos jacarés. Assista: